São José: O Bastão Florido

"Ite Ad Joseph!"
  - Ide a São José! -
Paulo, devoto de São José, no dia do santo, 19 de março, todos os anos encomendava à doceira Dulca as Cepolas de São José, doce de origem italiana, com as quais presenteava amigos e parentes.

Entregava ainda, com os doces, pequenos e delicados lírios brancos de tecido, que encomendava especialmente a duas senhoras artesãs.

Para Paulo, a data era toda festa e ele se realizava em ver as pessoas recebendo a sua dedicada atenção.

E como toque final da sua pessoal comemoração, tal qual um artista que assina sua obra, escreveu, em honra a São José, "O Bastão Florido", poesia que fazia acompanhar os regalos, e que entregava à outros, para que a José conhecessem.



início - para ler clique aqui 

Nota:
São José é um personagem do novo testamento bíblico. Nasceu em Belém da Judeia, no século I a.C., pertencia à tribo de Judá e descendia do rei Davi, de Israel. Não se sabe a data aproximada de sua morte, que é presumida como anterior ao início da vida pública de Jesus. 
Segundo a tradição, foi designado por Deus para casar com a jovem Maria, que era uma das consagradas do Templo de Jerusalém e viria a ser mãe de Jesus. Morava com sua família em Nazaré, localidade da Galileia. De profissão carpinteiro, ensinou esse ofício a Jesus.
Um dos santos mais populares da Igreja Católica, proclamado "protetor da Igreja Católica Romana"; por seu ofício, "padroeiro dos trabalhadores" e, pela fidelidade a sua esposa, "padroeiro das famílias"; é também padroeiro de muitas igrejas e lugares pelo mundo.

Na iconografia é representado com um bastão florido de lírios, a explicação é: As virgens do templo receberam ordens para regressar a casa e se casarem. Maria recusou, os anciãos oraram e, a pedido divino, chamaram os homens solteiros para deixarem seus cajados no altar durante a noite, na esperança de que algum florescesse, pois caso ocorresse o dono do bastão seria o noivo. Nada aconteceu. Chamaram então os viúvos. Entre eles estava José. Seu cajado foi encontrado na manhã seguinte coberto de lírios e foi-lhe dito para tomá-la como esposa e guardá-la para O Senhor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário