Crônicas: As Lágrimas

Em 1980, na edição de "Escritores do Brasil", anuário que tinha a frente Aparício Fernandes como organizador, Paulo Brasil D'Urso, publicou coletânea composta por onze crônicas que denominou "As Lágrimas".
Este título tomara emprestado da crônica principal, "As Lágrimas", que fizera em homenagem à sua mãe, Hercília Giudice D'Urso.

Crônicas deste volume:
* As Lágrimas
* Madre Maria Teodora Voiron, uma Alma Escolhida por Deus
* A Lenda de Fevereiro
* Maio, Mês da Virgem Maria
* 13 de Maio
* O Beijo
* Conselhos de um Pai
* Seu João
* Advogada de Cristo
* Prece à Árvore
* Um Trono por um Amor

Boa Leitura.
para ler clique na primeira imagem e mova-se pelas páginas
com as setas direcionais do teclado ◄ ► ou o scroll do mouse

início
clique aqui






Hercília Giudice D'Urso

Hercília com o pequeno Paulo no colo



Nota:

Homenageada com a crônica "As Lágrimas", Hercília Giudice D'Urso (1890-1972), nasceu em Salerno, Itália, tendo vindo para o Brasil ainda pequena. Aqui se casou com o também italiano Umberto D'Urso, que conheceu no Brasil, mas que curiosamente havia vindo para terras brasileiras no mesmo navio e na mesma data que Hercília viera. Tiveram cinco filhos, sendo Paulo o terceiro.











Curiosidade:

Mãe foi um dos temas recorrentes sobre o qual Paulo sempre viria a escrever.

Em 1990, na comemoração dos 100 anos do nascimento de sua mãe, Paulo apresentou uma singela homenagem, a sua Prece à Mãe.






Nenhum comentário:

Postar um comentário